Sobreviver ao desemprego

Por organizar suas despesas, você consegue ver para onde seu dinheiro está indo e quanto está sendo gasto com coisas não essenciais. Isso o ajudará a definir onde você pode economizar. Para criar um orçamento que funcione no seu caso, siga as seguintes sugestões. Saiba comprar Quando Raúl ficou desempregado, sua esposa, Berta, mudou seu […]

Por organizar suas despesas, você consegue ver para onde seu dinheiro está indo e quanto está sendo gasto com coisas não essenciais. Isso o ajudará a definir onde você pode economizar.

Para criar um orçamento que funcione no seu caso, siga as seguintes sugestões.

Saiba comprar

Quando Raúl ficou desempregado, sua esposa, Berta, mudou seu jeito de comprar. “Eu procurava cupons de desconto e ofertas em mercados onde pudéssemos comprar dois produtos pelo preço de um”, diz ela. Veja outras ideias:

Planeje seu cardápio semanal de acordo com as ofertas.

● Em vez de comprar pratos prontos, compre os ingredientes básicos e prepare suas próprias refeições.

● Aproveite as promoções e os produtos de estação para fazer um estoque.

● Compre por atacado, mas evite comprar em excesso produtos com prazo de validade curto.

● Reduza os gastos com roupas, comprando-as diretamente do fabricante.

● Se valer a pena, compre em outras cidades onde os preços são mais baixos.

● Faça compras com menos frequência.

Ponha no papel

Fred disse: “Tivemos de fazer um orçamento. Então, mantive um registro do que precisava ser pago de imediato e de quanto precisava ter em mãos para o resto do mês.” Sua esposa, Anita, acrescenta: “Eu sabia exatamente quanto podia gastar quando ia fazer compras. Às vezes, quando eu precisava comprar algo para as crianças ou para a casa, eu consultava o orçamento e pensava: ‘Não vai dar para comprar agora, vou deixar para o mês que vem.’ Pôr tudo no papel fez a diferença!”

Pense antes de comprar

Crie o hábito de se perguntar: ‘Preciso mesmo disso? O que eu já tenho está realmente velho ou só quero um novo? Se é algo que vou usar pouco, será que alugar um não seria melhor? Mas, se acho que vou usar muito, será que comprar um de segunda mão em boas condições seria uma boa opção?’

Isoladas, algumas dessas sugestões talvez pareçam insignificantes. Mas, juntas, podem fazer a diferença. Resumindo: se você criar o hábito de economizar em coisas pequenas, fará o mesmo em coisas grandes.

Seja prático

Para economizar nas coisas que não são essenciais, seja prático. Por exemplo, Anita conta: “Tínhamos dois carros, mas vendemos um. Para economizar gasolina, aproveitávamos a mesma viagem para fazer várias coisas. Se fosse preciso, pegávamos uma carona. Decidimos gastar só com o necessário.” Veja outras sugestões:

● Faça uma horta.

● Para prolongar a vida útil de seus aparelhos, siga as recomendações do manual do fabricante.

● Sempre troque de roupa logo que chegar em casa para não correr o risco de estragar suas roupas boas.

Como fazer um orçamento

(1) Escreva suas despesas mensais fixas. Durante um mês, mantenha um registro dos gastos com alimentação, moradia (aluguel ou financiamento), água, luz, gás, carro e assim por diante. Para despesas anuais, divida o total por 12 para ter o valor mensal.

(2) Organize suas despesas em categorias. Alimentação, moradia, transporte, etc.

(3) Determine quanto de suas economias deve ser usado mensalmente para cada categoria. Para as despesas anuais, você deve “calcular” quanto deve ser separado por mês.

(4) Escreva a renda líquida combinada de todos os membros de sua família. Subtraia os impostos e outras deduções. Compare a renda líquida com as despesas.

(5) Todo mês, separe o valor necessário para pagar cada categoria. Se usar dinheiro em espécie, um modo simples é ter um envelope para cada categoria. Daí, periodicamente coloque dinheiro no envelope destinado para cada despesa.

Cuidado: Se você tem cartão de crédito, use-o com responsabilidade. Muitos orçamentos falharam por causa da tentação de ‘comprar hoje e pagar depois’.


Fonte: http://wol.jw.org/pt/wol/d/r5/lp-t/102010243?q=aluguel&p=par#h=51

Esta pagina foi vista 3028 vez(es).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *